Paracleto.net     Internet
   
Bom dia! (8:53) Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Orkut Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades




Desencarnado (Espírito)

Espírito desencarnado, com seu antigo aspecto, "aparecem" aos vivos. Normalmente, é relatado que os espíritos desencarnados assustam em casas, teatros, escolas e outros locais de sua existência anterior.

Há quem, por convicções religiosas, creia e respeite a presença de Espírito desencarnado (ver Espiritismo). Mas a idéia mais aceita é que estas estranhas aparições ligam-se aos medos, desejos e conflitos da psicologia humana. Assombrar é uma palavra de muitos significados, usada em vários contextos. Sua conotação é de admiração, abalo, estarrecimento, como quando uma lembrança ou uma idéia fascina a mente. Segundo a corrente espírita, os espíritos desencarnados se apegam aos seres vivos, objetos de seu amor na vida acabada, e se materializam para prestar auxílio — caso dos espíritos muito evoluídos — ou porque a morte inesperada os faz sofrer.

As almas-penadas são vítimas do deslocamento, inviáveis em seu antigo mundo. Espírito desencarnado ainda ligados a vidas passadas não podem afetar os eventos, exceto através de sua influência sobre as mentes dos vivos. O que os traz de volta é alguma situação injusta, ou ainda não resolvida, que devem remediar antes de irem para o seu local do repouso definitivo. Portanto, os Espírito desencarnado, em termos metafísicos, ocupam um tipo de meio estágio entre a vida e a vida após a morte.

Relutam em aceitar a forma com que sua vida foi encerrada. Na doutrina espírita, e em várias outras religiões, eles não aceitam a brevidade de seu tempo na Terra. Assim, os espíritos desencarnados representam um tipo de vida após a morte, permitindo alívio para a aflição humana de, um dia, deixar de existir. Para aqueles que temem a morte de amigos e entes queridos, a aparição de Espírito desencarnado serve de consolo já que prova a sobrevivência da alma e, de certa forma, deixa aberta a possibilidade de um futuro reencontro. Assim sendo, além de qualquer crença na sua existência sobrenatural, a função original dos espíritos desencarnados diz muito sobre a natureza humana.

Não conseguem abandonar as antigas lembranças, pois sua característica mais famosa é a memória — uma projeção do papel obsessivo que a memória representa na vida humana. os espíritos desencarnados são projeções temidas, porém desejadas, do próprio indivíduo após a morte, recusando a separação dos familiares, ansiosos para retificar pecados ou vingar o sofrimento imposto pelos pecados de outros. Espírito desencarnado representam a segunda chance que todos desejam. A aparência da materialização — sem a substância na qual as aparências são normalmente constituídas — reflete a própria fantasia que cada ser humano tem de como seria se pudesse sobreviver à morte.

A aparência híbrida dos espíritos desencarnados pode ter suas origens na contradição entre o desejo e a impossibilidade de sobreviver. os espíritos desencarnados são lembranças do passado, mas também invasores do presente. Não há espaço para eles aqui. Ter saudades de uma pessoa é lembrar dela e desejar vê-la — nem que seja como um espírito desencarnado. Embora as pessoas identifiquem suas esperanças e medos sobre a morte, têm medo de se perder no espaço misterioso entre a vida e a vida após a morte.

Receiam os espíritos desencarnados por não alcançar a consciência de que eles projetam o medo: são espelho da própria mente que os cria.

Este arquivo foi atualizado em 30.09.2013


Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita