Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019 - Bom dia! - 3:57


Humildade - 09/04/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Apesar de serem da mesma origem latina, as palavras humildade (do latim humilitate) e humilhação (do latim tardio humiliatione) não possuem o mesmo significado, portanto não são sinônimos, entretanto muitos irmãos acabam confundindo a primeira que na verdade é uma virtude a qual nos dá o sentimento da nossa fraqueza, com a última que possui significado mais amplo, onde poderá ser utilizada para exprimir a ação de nos tornarmos humildes, onde este é o lado do bem, como também o sentido que a palavra humilhação pode ser associado como sendo o de rebaixar, oprimir, abater, referir-se com menosprezo, tratar desdenhosamente ou com soberba, submeter, sujeitar ou ainda ser humilhante, onde este é o lado do mal.

A falta de discernimento para muitos irmãos a cerca do verdadeiro significado da humildade converte-se em uma barreira, quase que intransponível, de poder exercitá-la com mais facilidade, pois ao confundir humildade com humilhação poderemos estar desperdiçando as oportunidades que nos são dadas, onde estaremos deixando de enxergar a humildade como ferramenta de crescimento espiritual e passando a vê-la como motivo de vergonha, sendo este um entendimento equivocado. Muitos irmãos têm dificuldade de dissociar (separar) humildade de humilhação porque enxergam de forma limitada os seus reais significados. Esta dificuldade se fortalece quando somos vítima do orgulho que é o inimigo da humildade. “Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa”, ou ainda “não misturar as estações”, são as expressões populares que facilitam o exercício do discernimento de um modo geral.

Por outro lado não devemos esquecer que a humilhação também é um instrumento do bem, porém é “uma faca de gumes”, pois sua eficácia para o nosso crescimento espiritual ocorre somente quando recebemos a ação, ou seja, quando somos humilhados e não quando humilhamos o próximo.

O Mestre nos ensinou que devemos exercer a humildade. Ser humilde ou agir com humildade converte-se na excelência de nos tornarmos verdadeiros cristãos, ou seja, propagadores das ideias de Jesus, o Cristo.

Existe um provérbio (dito popular) onde afirma que ser cristão exige: caridade, humildade, conduta, ética, respeito, moral, retidão, seriedade, disciplina, educação, cortesia, gentileza, comprometimento com a Verdade e demais valores edificantes: “Andar com Jesus no peito é fácil, o difícil é ter peito para andar com Jesus.

Toda a moral de Jesus se resume na caridade e na humildade, isto é, nas duas virtudes contrárias ao egoísmo e ao orgulho. Em todos os seus ensinos, Ele aponta essas duas virtudes como sendo as que conduzem à eterna felicidade”.– Livro O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO - Capítulo XV - Fora da caridade não há salvação, Item 3, página 310.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 09/04/2011.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




Humildade - 09/04/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2011.04.09

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Humildade - 09/04/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem