Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Quinta-feira, 21 de Março de 2019 - Bom dia! - 3:14


Os vícios - 23/07/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Quando se fala em vícios a primeira ideia que vem à mente são as drogas que por sua vez se dividem em drogas lícitas (tabaco e álcool) e em drogas ilícitas (proibidas) como maconha, cocaína, “crack” e o agora novo e também mortal “oxi” (pronuncia-se óquisse), entretanto devemos lembrar que existe o vício da jogatina, do sexo desregrado, de falar mal dos outros, do egoísmo, enfim muitos são os vícios que na verdade se constituem em atitudes contrárias às virtudes.

Será abordado mais o tema drogas porque ultimamente é o “carro-chefe” dos desmandos contra as leis cristãs, porém ressaltando que tudo isso faz parte de um aprimoramento por que passa o planeta, onde primordialmente é enfatizado que cada um tem seu livre arbítrio e depois prestará contas sobre os atos que fez não só aos outros, como também ao próprio corpo que é um templo para o espírito e por ser templo é sagrado.

As drogas vêm a certo tempo corroendo a nossa sociedade. Durante a década de 70 e meados da década de 80 era fácil identificar um usuário de drogas, até porque a droga mais comum que havia era a maconha, e igualmente aos de dias hoje o objetivo ao usá-la era o de produzir efeito alucinógeno, isto é, provocar alucinações naquele que fazia uso da mesma, onde a intenção era mais transgredir um estereótipo (modelo) de sociedade ou ainda fugir de uma realidade psicológica que apresentava transtornos, os quais transformavam esses usuários em doentes, todavia a sociedade da época não os via assim, ou seja, drogado era drogado e não um doente como hoje é visto.

O curioso é que havia uma pressão social onde o próprio drogado em muitos casos fazia questão de mostrar que era usuário de drogas, facilitando assim a sua identificação. O tempo passou, as drogas foram diversificadas, o termo “drogado” teve que ser substituído pela palavra “usuário” para dessa forma poder ficar politicamente correto, a própria sociedade diminuiu a pressão que exercia naqueles que consumiam drogas e passou a “camuflá-los”, onde atualmente uma das maiores dificuldades é identificar um usuário de drogas, pois eles podem estar no mesmo meio que estão os nossos filhos, nossos amigos, companheiros de trabalho e até mesmo irmãos de fé.

No caso específico das drogas o viciado assemelha-se a um carro que está em alta velocidade em uma estrada sinuosa e cheia de abismos e mesmo assim, por falta de bom senso, o condutor insiste em “correr mais”, desapercebendo ou mesmo desafiando as curvas que possuem os seus limites de segurança e todos sabem o que acontece quando os “limites” não são respeitados.

Os vícios são, sem dúvida alguma, a maior chaga moral da humanidade nos tempos atuais. Os viciados preferem ficar com a falsa e transitória sensação de prazer que é produzida quimicamente pelo cérebro, esquecendo-se assim que imediatamente após, o próprio cérebro, através de hormônios contra-reguladores, produz uma sensação de mal-estar e indisposição. Quando se ingere bebidas alcoólicas, busca-se, por exemplo, o sexo fácil e sem amor, levando posteriormente à melancolia e ao desinteresse, incluindo o fato de que após a bebida vem a ressaca, que é uma espécie de aviso de que algo não vai bem ou algo foi exagerado.

Biblicamente falando, a longo prazo destruímos prematuramente o nosso templo físico, pois, como diz Paulo de Tarso, "o salário do pecado (vício) é a morte" (Romanos 6:23).

O Espiritismo não propõe soluções específicas ou mirabolantes, entretanto prefere respeitar e amar aqueles que estão nos vícios, como também acatar, em toda a sua plenitude, os desígnios Divinos que asseguram a todos o direito de escolha e a responsabilidade consequente pelo que fizerem.

Já dizia o sábio que palavras emocionam, mas exemplos arrastam.

Há um exemplo a ser seguido e chama-se Jesus Cristo, o Mestre, que prefere condenar o pecado (vício), porém oferece sua ternura e compreensão ao pecador, procurando mostrar-lhe o que precisa fazer para livrar-se do erro, construindo oportunidades de acerto.

Uma excelente forma para conhecer mais exemplos do Mestre começa com a visita a uma casa religiosa, seja Católica Romana, Evangélica, Espírita ou demais casas que vislumbrem os valores cristãos.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 23/07/2011.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




Os vícios - 23/07/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2011.07.23

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Os vícios - 23/07/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem