Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Quarta-feira, 22 de Maio de 2019 - Bom dia! - 10:10


As três peneiras de Sócrates - 15/10/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Conhecimento, filosofia e sabedoria são os pilares da cultura difundida pelo grego Sócrates (viveu de 470 a 399 a. C.), cultura essa que trazia as verdades eternas e católicas (universais) que conduzem ao aprimoramento moral da humanidade.

Muita coisa se fala de Sócrates, incluindo o artigo Sócrates e Platão - Precursores da Doutrina Cristã e do Espiritismo, edição de 05/02/2011 deste Jornal, como também há uma mensagem que circula pelo mundo afora há um bom tempo, sendo imprescindível absorvê-la e praticá-la para que seja produzido um ambiente familiar ou no trabalho, digamos, mais amistoso.

A mensagem fala de três peneiras que simbolizam filtros ideológicos quando, por exemplo, nos falam algo a respeito de qualquer fato que envolva o próximo, fazendo com que a gente descubra a real necessidade de passar a informação adiante, onde em sua grande maioria a mensagem ou informação é desnecessária, gerando a observação caridosa para que sejamos o último elo do que hipoteticamente nos contam. Agindo assim é melhor do que fomentar uma informação falsa, ou o pior, que venha produzir desgastes emocionais ou exposição indevida de alguém, evitando assim que seja criado o mecanismo pernicioso da “fofoca” que pode ser traduzido como o ato de mexericar, criar intriga, bisbilhotar ou se importar com a vida dos outros. Atos esses que não fazem parte dos Privilégios Cristãos, os quais são essenciais para o aprimoramento e desenvolvimento da humanidade.

Essas três peneiras se relacionam diretamente sobre o que cada um houve e se vai ou não contar para outra pessoa.

Importante ressaltar que o mecanismo dessas três peneiras deva estar relacionado sobre o que vai se falar de alguém e não necessariamente um método que sirva somente para apontar os erros do próximo.

Conta-se que um homem foi ao encontro de Sócrates levando ao filósofo uma informação que julgava de seu interesse:

- “Quero lhe contar uma coisa a respeito de um amigo seu!” - disse o homem.

- “Espere um pouco! Antes de você me contar algo, quero saber se você fez passar essa informação pelas três peneiras.” – disse Sócrates.

- “Três peneiras? Como assim?” - perguntou o homem.

- “Vamos peneirar aquilo que você quer me contar. Devemos sempre usar as três peneiras. Se você não as conhece, preste bem atenção! A primeira é a peneira da VERDADE: Você tem certeza absoluta de que isso que quer me contar é verdadeiro?” – disse Sócrates.

- “Bem, foi o que eu ouvi outros contarem. Não sei exatamente se é verdade.” - disse o homem.

- “Então já não passou pela primeira peneira, mas vamos para a segunda peneira que é a da BONDADE: Você foi caridoso ao pensar que a informação que você me contar pode não ser verdadeira, incluindo o fato da prática da empatia, ou seja, você se colocou no lugar da pessoa citada?Agiu com bondade? E se fosse com você?” – disse Sócrates.

- “Estou envergonhado e devo confessar que não agi com bondade e nem pensei que poderia ser comigo.” - disse o homem.

- “Semelhante à primeira, a informação também não passou pela segunda peneira, mas vamos para a terceira peneira que é a da UTILIDADE: Você pensou bem se o que quer me contar será útil ou se de alguma forma irá promover o crescimento ou melhoria de alguém?” – disse Sócrates.

- “Útil? Na verdade, não.” - disse o homem.

- “Veja bem! Você quer me contar algo que você mesmo não tem certeza se é VERDADE, não há sinal de BONDADE e muito menos é ÚTIL, portanto é melhor que guarde apenas para você e o bom senso fala em não propagar (não dar continuidade) a algo que não seja edificante. ” – finalizou Sócrates.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 15/10/2011.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




As três peneiras de Sócrates - 15/10/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2011.10.15

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

As três peneiras de Sócrates - 15/10/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem