Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019 - Boa tarde! - 14:05


Quando é preciso perdoar - 24/12/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Mais uma vez e quantas foram necessárias utilizo esta Coluna Espírita para falar de perdão. Como da outra vez venho novamente enfatizar a real necessidade de nos livrarmos de algo que na verdade só nos faz atrasar a evolução espiritual, no caso a imaginária incapacidade de perdoar. Digo imaginária porque todos nós temos sim a capacidade de perdoar, bastando para isso abrir o coração e deixar fluir o poder do Criador.

A falta de perdão se converte em apêndice que pode e deve ser descartado, caso contrário irá produzir em quem não consegue perdoar uma sensação desagradável que leva à melancolia, a qual por sua vez conduz à depressão, fato que normalmente promove momentos de infelicidade.

Ninguém está isento de problemas de relacionamentos, principalmente familiares. Aliás "esses problemas" com aqueles que nos são próximos, incluindo nesse rol companheiros de trabalho ou círculo social são degraus ou etapas que se forem cumpridas com resignação, como também com a prática do perdão, certamente irão contar pontos na "balança divina", a qual se fortalece com o equilíbrio, semelhante às balanças antigas que utilizavam contrapeso.

Seguindo a mesma lógica, quanto mais colocarmos coisas boas na nossa balança, mais coisas boas surgirão.

Da mesma forma se continuarmos colocando coisas não tão boas assim, obviamente coisas não tão boas estaremos atraindo.

Que tal aproveitar uma época tão propícia como esta do Natal para tentar perdoar alguém que por ventura tenha nos causado um mal?

Muitos podem utilizar uma expressão popular e dizer que só quem sabe onde o sapato aperta é quem calça, tentando assim demonstrar que somente quem passou por determinada situação desagradável ou constrangedora é que sabe o quanto foi ruim.

Alguns até podem dizer que falar é fácil, o difícil é fazer.

Realmente é difícil perdoar, porém não é impossível, pois se assim fosse de nada adiantaria continuar escrevendo para esta Coluna, entretanto se continuo batendo nessa temática é porque acredito no potencial humano, como também acompanho casos de família em que é notório que basta apenas um dos lados ceder um pouco para que o bom convívio volte a ser vivenciado por todos.

Quando há um problema de relacionamento na família, no trabalho ou no círculo social cria-se um ambiente ruim e muitas vezes produzindo situações constrangedoras que vão culminar em mais motivos que fomentam a transitória falta da prática do perdão.

Difundam a lógica de que muitos problemas de relacionamentos são agravados quando não há a menor possibilidade de diálogo, aonde somente o tempo conseguirá promover a paz reconfortante e como já falado, o tempo é o senhor da razão.

Porém, se por acaso existir alguma possibilidade desse contato amigável e se o mesmo for realizado através de uma conversa franca, aberta e amiga, sem dúvidas o tal problema desaparecerá, até porque não se consegue perdoar enquanto não entender o porquê do outro haver feito algo desagradável, como assim diz a minha amada esposa.

Sabe aquela pessoa que na frente fala bem e por trás fala mal? Perdoe e diga à mesma que não tem nada contra ela.

Sabe aquele amigo do trabalho que algumas vezes nos tiram do sério? Perdoe e peça para preservar o respeito pessoal e acima de tudo que seja enaltecida a ética profissional.

Sabe aquele parente distante que nunca dá notícias? Perdoe e deseje um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de paz, saúde, conquistas e realizações.

Dia 25 de dezembro é Dia de Natal. Para muitos é motivo para trocar presentes, reencontrar parentes, como também uma excelente oportunidade de produzir sensações e momentos agradáveis.

Nesse dia comemora-se o aniversário do nosso melhor amigo que é Jesus, o Cristo e não custa nada lembrar que o maior presente que poderemos dar ao aniversariante do dia é a caridade, aonde o perdão é um dos primeiros passos.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 24/12/2011.

24/12/2011.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




Quando é preciso perdoar - 24/12/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2011.12.24

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Quando é preciso perdoar - 24/12/2011 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem