Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019 - Bom dia! - 4:07


A esperança - 28/04/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Diz o povo que quem espera sempre alcança.

Ter esperança é exercer com afinco o ato de esperar, permitindo a criação de expectativa na concretização de um sonho ou de um desejo.

A esperança é algo tão forte para os humanos que faz parte das três virtudes teologais, ou seja, é uma das três virtudes que são estudadas e difundidas pela teologia, a qual é a ciência que se ocupa de Deus e de seus atributos e perfeições, onde a fé, a esperança e a caridade (amor) são as virtudes que restam para a humanidade, ressaltando que a última, isto é, a caridade, é a maior virtude que a humanidade pode possuir. Sendo a fé a mãe da esperança e da caridade, nesta ordem, conforme consta no livro “O Evangelho Segundo o Espiritismo” - Capítulo XIX – A fé transporta montanhas - Instruções dos Espíritos.

Encontra-se ainda neste mesmo livro o ensinamento de Jesus, o Cristo, acerca da esperança. Capítulo VI - O Cristo Consolador - O jugo leve: “Todos os sofrimentos: misérias, decepções, dores físicas, perda de seres amados, encontram consolação em a fé no futuro, em a confiança na justiça de Deus, que o Cristo veio ensinar aos homens. Sobre aquele que, ao contrário, nada espera após esta vida, ou que simplesmente duvida, as aflições caem com todo o seu peso e nenhuma esperança lhe mitiga o amargor. Foi isso que levou Jesus a dizer: Vinde a mim todos vós que estais fatigados, que eu vos aliviarei.

Simbologia à parte, a âncora lembra firmeza e a cor verde lembra o início do ciclo de alguma coisa que se perpetua. Daí tanto a âncora, como também a cor verde representarem tão bem esta virtude que é a esperança.

Já foi falado nesta Coluna Espírita que o tempo é o senhor da razão e quando se relaciona tempo e esperança sugere-se enfatizar que saber esperar é uma virtude essencial para poder compreender os mecanismos divinos, fortalecendo assim a conceituação de fé como a noção de que cada coisa tem um tempo certo para acontecer. Daí a importância de saber esperar e para isso acontecer é preciso ter fé.

Saber separar fé de esperança vai fazer com que a assimilação sobre os conceitos sejam compreendidos de um modo mais amplo, pois, por exemplo, esperar em Deus não é perder tempo, mas sim querer o melhor.

Até quando esperar? O que esperar? Por que esperar? Como suportar a espera? Qual a sua esperança? Qual o seu sonho?

Questionamentos como os acima podem surgir e de maneira natural devem ser aceitos como o posicionamento filosófico inerente à própria condição da existência humana, pois como disse Aristóteles, filósofo da Grécia antiga: “A esperança é o sonho do homem acordado.” Recomenda-se apenas não vincular esperança somente ao materialismo, pois materialismo não é tudo. Henry Ford, industrial americano disse: “Se o dinheiro for a sua esperança de independência, você jamais a terá. A única segurança verdadeira consiste numa reserva de sabedoria, de experiência e de competência.

Graças ao Criador a esperança nunca morre. Portanto, mesmo sem querer, a esperança vai estar para sempre nos seus sonhos e são eles que se convertem no combustível necessário para encontrar a felicidade.

Acredite no Criador. Fortaleça a esperança de dias melhores por meio das suas palavras e atitudes, mas acima de tudo procure entender e aceitar os desígnios divinos..

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 28/04/2012.

.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




A esperança - 28/04/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2012.04.28

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

A esperança - 28/04/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem