Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019 - Boa tarde! - 14:04


O amor do Criador - 14/07/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



O Espiritismo traduz a palavra “Amor” como “Caridade”, daí a sua expressão máxima: “sem Caridade não há salvação”, pois Caridade e Amor são as mesmas coisas, portanto amar ao próximo é agir com Caridade, conforme passagem bíblica no Novo Testamento, I Coríntios, cap. 13, vv. 1 a 13, sendo ressaltado o versículo 13: “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor.

Isso se torna importante ressaltar porque alguns colocam a fé ou a esperança como mais importantes do que o próprio amor.

O amor é essencial na vida das pessoas, principalmente quando se coloca Deus na vida delas.

Não por acaso aprende-se desde cedo, independente da religião ou da postura filosófica, que Deus é Amor.

Mas, que amor é esse?

Até que ponto a humanidade está disposta a vivenciar o amor do Criador?

Por oportuno, importante enfatizar que há várias definições para a palavra amor, das quais a grande contribuição vem do idioma grego. Seguem algumas delas:

Eros - um amor apaixonado fundamentado e baseado na aparência física.

Psiquê - um amor íntimo, baseado na mente e nos sentimentos eternos.

Ludus - o amor que é jogado como um jogo; amor brincalhão.

Storge - um amor afetuoso que se desenvolve lentamente, com base em similaridade.

Pragma - amor pragmático, que visualiza apenas o momento e a necessidade temporária, do agora.

Mania - amor altamente emocional, instável; o estereótipo de amor romântico ou apaixonado.

Ágape - amor altruísta; espiritual.

Dentre os tipos apresentados fica claro que a definição mais próxima do amor do Criador é a Ágape.

Normalmente costuma-se dizer que esse tipo de amor é exclusivo de Deus, entretanto os humanos podem e devem nutrir esse amor divinal de forma natural.

Essa ideia de vincular o amor Ágape como sendo exclusivamente de Deus vem do pensamento de alguns autores da Bíblia, os quais em sua maioria imaginavam que essa palavra representava o amor divino, incondicional, embora esse amor também pudesse ser praticado por humanos, mas em grau bem inferior, obviamente, em função da imperfeição e limitações humanas.

Entendimentos à parte, como negar o amor Ágape de uma pessoa como Madre Teresa de Calcutá? Essa mulher foi uma missionária católica albanesa, atuante na Índia. Considerada, por alguns, a missionária do século XX. Fundou a congregação "Missionárias da Caridade", tornando-se conhecida ainda em vida pelo cognome de "Santa das sarjetas". Foi beatificada pela Igreja Católica em 2003.

Outra pessoa de grande expressão para o amor Ágape foi a Irmã Dulce, Beata Dulce dos Pobres ou Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, tendo recebido o título de "o anjo bom da Bahia", foi uma religiosa católica brasileira. Irmã Dulce notabilizou-se por suas obras de caridade e de assistência aos pobres e necessitados.

Pode-se ainda mencionar Francisco Cândido Xavier, brasileiro, mais conhecido como Chico Xavier. Foi um Médium e um dos mais importantes divulgadores do Espiritismo no Brasil. Ajudou a desenvolver o trabalho de assistência aos mais necessitados, o qual permanece até os dias atuais na cidade de Uberaba/MG. Foi ainda um instrumento do “Intercâmbio do Bem” ao levar consolo às Mães que perderam seus filhos de forma prematura.

Talvez tenhamos dificuldades em tentar igualar os feitos desses que foram citados, mas fica o convite para que sejamos cada vez mais amorosos com o próximo. Quem sabe assim poderemos estar exercendo de um modo mais abrangente a Caridade e dessa forma passarmos a sentir pelos outros o amor que o Criador sente por nós.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 14/07/2012.

.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




O amor do Criador - 14/07/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2012.07.14

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

O amor do Criador - 14/07/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem