Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Terça-feira, 16 de Julho de 2019 - Bom dia! - 3:45


Revanche não é do bem - 18/08/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Alguém lhe ofende ou lhe causa prejuízo e dessa forma você imagina que somente e exclusivamente indo à forra você conseguirá fazer com que haja a reparação, certo? Negativo. O fato de alguém lhe prejudicar não lhe dá o direito de exigir reparação sem a presença da calma ou da serenidade, até porque às vezes essa reparação pode ser violenta, sem esquecer-se do fato de que ninguém deixa de ser mais gente ou menos gente se não foi tomar “satisfação” por causa de ofensa ou de prejuízo causado por outrem.

Todos sabem, mas não custa nada relembrar que existem meios legais para resolver um problema que envolva necessidade de reparação, entenda-se a justiça que é um direito do cidadão, a qual é mais conhecida, religiosamente falando, como a justiça dos homens.

Justiça por justiça, caso a dos homens venha a falhar procure agir com serenidade e calma e verá que a Justiça Divina irá atuar de forma natural.

Basta acreditar nas Leis Divinas como na passagem da Bíblia, especificamente no Novo Testamento, em I Pedro – 3:13: “Quem lhes fará mal se vocês forem zelosos do bem?”.

Revanche, desforra, vingança e tantos outros sentimentos não edificantes por que passam muitas pessoas servem mais de atraso do que solução dos tais problemas que exigem reparação.

Não vale à pena permitir o revanchismo na sua vida, ou seja, de nada adianta se vingar, ir à forra, tomar “satisfação” e nem ficar insistindo com aquelas perguntas em tons de arrogância: com quem ele ou ela pensa que está “mexendo”?

Adotar quaisquer umas dessas posturas não vai resolver o problema de modo satisfatório, isto é, de uma maneira que não permita o surgimento de sequelas físicas ou psicológicas.

A revanche que é prima-irmã da vingança mais atrapalha do que ajuda.

A vingança por sua vez caracteriza-se pela incapacidade de perdoar.

Por falar em perdão você sabia que não é possível perdoar enquanto não for possível entender por que o outro fez isso ou aquilo com a gente?

Exatamente por esse fato é que devemos antes de adotar qualquer ação reparadora imaginar que estamos no lugar da pessoa que nos ofendeu ou nos causou prejuízo, isto é, praticar a empatia que é o simples ato de se imaginar do outro lado da situação.

Tem solução então quando nos sentimos ofendidos ou prejudicados?

Positivo. Procure primeiro conversar e esclareça o quanto se sentiu ofendido ou prejudicado por essa ou aquela atitude adotada por outra pessoa.

Se não for possível a conversa amigável, então que sejam procurados os direitos legais como a justiça dos homens, mas não nutra sentimento de revanche, desforra ou vingança.

Percebeu que a justiça dos homens não foi suficiente, então, como diz o bom senso, entregue nas mãos de Deus, aliás, faça isso em todas as situações, ou seja, deixe que os Desígnios Divinos atuem em quaisquer problemas que surjam na sua vida.

A importância de se livrar de vez da revanche ou da vingança torna a nossa vida melhor e mais feliz.

Os sentimentos não edificantes como os citados acima só têm sua relevância em filmes e novelas, ou seja, não é a vida real e só fazem sucesso porque alguns gostam de ver “o circo pegar fogo”, porém mesmo que gostem disso é notória a percepção de que tudo tem limite.

Uma mágoa não é motivo para outra mágoa. Uma lágrima não é motivo para outra lágrima. Uma dor não é motivo para outra dor. Só o riso, o amor e o prazer merecem revanche. O resto, mais do que perda de tempo, é perda de vida.” - Chico Xavier

As pessoas que espalham amor não têm tempo, nem disposição para jogar pedras.” - Irmã Dulce

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 18/08/2012.

.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




Revanche não é do bem - 18/08/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2012.08.18

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Revanche não é do bem - 18/08/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem