Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019 - Boa tarde! - 14:03


As diferenças entre a casa e o lar - 01/09/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Havia um comercial de TV há tempos atrás que dizia assim: “parece, mas não é”, lembra disso?

Tanto a casa quanto o lar são confundidos em várias acepções e sentidos.

Ainda bem que em alguns casos a diferença chega a ser percebida de maneira natural, como, por exemplo, quando se quer fazer referência ao local em que se mora de modo a ficar claro que lá é um lugar aconchegante costuma-se falar: “meu lar”, “meu cantinho” ou ainda “minha casinha”, mas dificilmente se fala “minha casa” que soa seco (sem afeto), principalmente quando se quer passar a ideia de aconchego, de paz e de felicidade.

Na língua inglesa, de modo semelhante, quando se faz menção ao tema referenciado se diz: “home sweet home”, traduzido como “lar doce lar”, pois não é comum a construção “house sweet house” da mesma forma que não é comum falar na nossa língua a tradução “casa doce casa”.

É possível afirmar que todos têm casa, mesmo que sejam simples e modestas, inclusive aqueles que moram nas ruas, debaixo de pontes e viadutos, em albergues e em quaisquer outros locais que abriguem da chuva e do frio, porém infelizmente nem todos têm um lar.

Há um abismo que diferencia uma casa de um lar.

Uma casa é uma construção de cimento e tijolos.

Um lar é uma construção de valores e princípios edificantes que vislumbram o Bem.

Casas costumam abrigar pessoas com relacionamentos superficiais, as quais podem apresentar sintomas de baixa auto-estima, depressão, ansiedade, infelicidade, fragilidade e que em muitos casos perpetuam relacionamentos tão vazios quanto as próprias casas em que foram criadas e educadas.

Lares harmoniosos estão ao alcance de quaisquer pessoas, bastando para isso vivenciar os valores cristãos edificantes.

Pessoas que valorizam o “ter” e que nunca experimentaram verdadeiramente o amor, o perdão, a misericórdia, a solidariedade, o carinho e o respeito costumam morar em casas.

Pessoas que valorizam o “ser” e que procuram experimentar verdadeiramente o amor, o perdão, a misericórdia, a solidariedade, o carinho e o respeito costumam morar em lares.

Uma casa é o lugar onde entramos para dormir, usar o banheiro e fazer as refeições, enfim suprir as necessidades do corpo e não é raro alguns permanecerem o mínimo de tempo, e dessa forma preferindo sair da casa que em alguns casos pode até ser um palacete, mas são apenas paredes, tetos e decorações impecáveis, nada mais que isso.

Um lar é o lugar onde os membros da família anseiam por estar nele, onde refazem suas energias, alimentam-se de afeto e encontram o conforto do acolhimento, enfim suprir as necessidades do espírito e não é raro muitos permanecerem o máximo de tempo, e dessa forma preferindo aquele lugar que pode até ser simples, mas é essencial para reequilibrar as “forças”.

Uma casa é o nosso refúgio do frio, da chuva, do calor e também de certo modo da segurança física.

Um lar é o nosso refúgio frente ao medo, à dor, às incertezas da vida e à solidão.

Em uma casa surgem os problemas e as aflições.

Em um lar surgem as possibilidades de solução dessas dificuldades.

Diante dessas diferenças abissais, caso tenha percebido que você ainda mora em uma casa, fica a sugestão para que seja promovida a transformação, com urgência, em um lar e que Jesus, o Cristo, seja sempre o seu convidado especial.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 01/09/2012.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




As diferenças entre a casa e o lar - 01/09/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2012.09.01

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

As diferenças entre a casa e o lar - 01/09/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem