Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Segunda-feira, 20 de Maio de 2019 - Bom dia! - 4:35


Quando é preciso calar - 22/09/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Há um provérbio (ditado popular) que diz que quando um não quer dois não brigam.

É exatamente nesse momento que a contenda (briga) não ocorre ou se encerra antes mesmo de começar, pois ninguém consegue brigar se não houver alguém que fique retrucando do outro lado.

Independente de se estar em consonância perante os posicionamentos ideológicos, filosóficos, religiosos ou culturais do outro, não custa nada ceder ao agir com atitude silenciosa, isto é, quando se percebe que se ganha mais ao entender que naquele momento foi necessário ficar calado, pois se você tem plena convicção daquilo que você acredita e defende, não há motivos para ofensas ou tratamentos menos amistosos oriundos daqueles que divergem dos seus posicionamentos, muito menos os vindos da sua parte, até porque não é com “nervosismo” que se vai conseguir passar a mensagem, menos ainda será possível chegar a alguma conclusão que vislumbre a possibilidade de se tornar perceptível o quanto possam ser iguais ou totalmente divergentes os posicionamentos.

O fato é que nem todos estão prontos para ouvir ou saber a verdade.

Mas, de que verdade se está falando?

Até que ponto há verdade naquilo que se acredita?

É possível mensurar o nível de lógica naquilo que se defende?

O bom senso diz que aquilo que você acredita e defende é verdade, desde que consiga lhe tranquilizar. Se isso ocorre é porque é do bem e por lógica vai lhe conduzir à paz interior.

A ideia aqui não é discutir “o sexo dos anjos”, mas sim mostrar que todos estão com a verdade, desde que esteja presente um fator essencial: a coerência.

Portanto, lute e defenda aquilo que você acredita, desde que haja a tal relação lógica e harmônica entre ideias, atos, situações, a qual priorize a prevalência de uma uniforme maneira de pensar, de proceder, de julgar, etc. Isto é, nada mais, nada menos que coerência.

Quando se é coerente nas ideias costuma-se abrir a mente para novas possibilidades e abrir a mente faz com a mesma seja ampliada, pois como disse Albert Einstein, físico Alemão: “A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original”.

Podem surgir divergências quando algo é apresentado a outra pessoa, inclusive no círculo familiar, entretanto claro que não há necessidade de se propagar os antagonismos que por ventura sejam percebidos, ou seja, não há a necessidade de dar continuidade a uma discussão quando se percebe que a partir de determinado ponto as opiniões ou posicionamentos são diferentes.

Bom, até agora foi falado em divergências na esfera de opiniões e às vezes é necessário aplicar alguns conceitos como os apresentados acima quando na nossa família há um ente que diverge no comportamento. Cite-se que em algumas oportunidades o ente quando chamado para uma conversa utiliza-se de expedientes menos edificantes e às vezes até deixa de falar conosco.

Tentar conversar é interessante, mas em alguns casos somente o silêncio poderá resolver o problema, isto é, o tal “gelo” que se aplica ao ente, porém não com a intenção de menosprezar, mas sim com a intenção de produzir melhores condições para que seja possível retornar o relacionamento de modo saudável, o qual preferencialmente deva ser restabelecido o mais breve possível.

Calar e saber escutar proporciona uma melhoria considerável nos seus argumentos.

O bom senso diz que quando se quer passar uma mensagem com o intuito de querer que as coisas caminhem de modo a nos favorecer devemos melhorar os nossos argumentos, os quais quando bem embasados costumam clarear os entendimentos, conduzindo assim a uma lógica sem equívocos.

Por falar nisso, o povo costuma dizer que numa discussão aquele que está falando alto, gritando, sendo escandaloso, ou ainda sendo indiscreto ao expor a intimidade da família em outros lugares, por exemplo, na Internet, normalmente está sem a razão e tenta dessa maneira intimidar, ou seja, “tentar ganhar no grito”.

Fica a sugestão para que saiba calar e ouvir para que dessa forma consiga melhorar o que você quer falar, ou seja, melhorar os seus argumentos, pois como disse Heráclito, filósofo Grego: “Se não sabe escutar, não sabe falar”.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 22/09/2012.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




Quando é preciso calar - 22/09/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2012.09.22

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Quando é preciso calar - 22/09/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem