Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Terça-feira, 16 de Julho de 2019 - Bom dia! - 3:48


E o mundo não se acabou, mas chegou a Nova Era - 22/12/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Se você está lendo este artigo, então tenha a certeza que o mundo não acabou, aliás, permaneceu do mesmo jeito, ao contrário como “atestavam” as previsões catastróficas anteriores, pois a história está repleta dessas previsões que na verdade mais assustam do que alertam, servindo assim de “freios psicológicos” para que a humanidade mude de comportamento, gerando melhores possibilidades para a transição planetária rumo ao Bem.

O ideal, independente de previsões catastróficas de qualquer natureza, é que a transição planetária ocorra de forma natural, a qual tanto pode se dar pela mudança para melhor dos seus habitantes, como também nas questões geofísicas, como, por exemplo, as placas tectônicas que se movem formando novos continentes, incluindo os cataclismos naturais do planeta como o vulcanismo que é uma espécie de válvula semelhante àquelas que as donas de casa veem ao utilizar uma panela de pressão.

Teorias que o mundo vai acabar não faltam, isso desde tempos remotos como a teoria de antigos estudiosos do apocalipse que afirmavam que o Juízo Final (Armagedom) aconteceria no ano 1.000 após o nascimento do nosso amado Mestre Jesus, o Cristo. Depois, os videntes apocalípticos voltaram atrás e disseram que a data para a explosão da Terra seria mil anos após a morte d'Ele, em 1033. Nada catastrófico aconteceu e a culpa foi imputada a erros de cálculos.

Tantas e tantas outras teorias catastróficas foram surgindo, incluindo as profecias de Nostradamus, onde cada uma delas foi caindo por água abaixo, seja pela inexatidão de cálculos ou por literal interpretação, ressaltando que em todas, no seu âmago, repito, mais assustam do que alertam.

A última dá conta de que em um dos diversos calendários dos Maias (conjunto de povos nativos americanos do sul do México e da América Central) estaria supostamente previsto que o mundo seria destruído em 21 de dezembro de 2012, ressaltando que segundo estudos a afirmação não é categórica. A tentativa de espalhar o pânico ficou a cargo dos “apaixonados por catástrofes de plantão” que proliferaram como um vírus uma informação que tecnicamente não foi interpretada de forma correta, pois conforme letra de um clássico da música brasileira – “E o mundo não se acabou” -, onde a suposta profecia não causou muito medo, nem inspirou loucuras.

Só para lembrar, na data citada mudou a estação e tanto para a Astrologia, como para o Esoterismo, terminou a Era de Peixes e agora se iniciou a Era de Aquários, mas o que isso significa?

Para a ciência, ou seja, pela questão geofísica a Terra vai continuar passando pelos seus processos naturais e suas consequentes eras, onde para poder chegar ao “status” de planeta levou-se muito tempo e por consequência muito tempo será necessário para o processo inverso ocorrer, portanto que sejam muito bem-vindos e aceitos os fenômenos que produzirão as mudanças necessárias, pois as transformações são essenciais para dar continuidade a alguma coisa, inclusive naquelas consideradas “duras como a rocha”.

Para o Esoterismo a mudança de era, durando cada uma em média 2.150 anos, gera a possibilidade do fim do mundo, entretanto o mundo que ainda esteja vinculado ao comportamento equivocado do ser humano, o qual ainda é carente da valorização do bem ao próximo. Não por acaso, desde o ano 2.000 que estão reencarnando Crianças Índigo (também chamadas de Crianças Cristal) que é o termo utilizado para descrever crianças que a pseudociência e a parapsicologia acreditam ser especiais. Os defensores desta crença afirmam que os "Índigos" constituem uma nova geração de crianças com habilidades especiais, e que têm por objetivo a implantação de uma "Nova Era" na Humanidade.

Para melhor explicitar a “Nova Era”, a mesma é uma "filosofia de vida", de bem-estar e de tolerância universal, a qual pretende realizar o que seu nome indica: “derramamento de água” ou “era de aquários” sobre o mundo, para simbolizar a vinda de um novo “espírito” ou “nova mentalidade”. É assim denominada, porque pretende suplantar a "Velha Era", a Era de Peixes, uma referência ao cristianismo, uma vez que o peixe é símbolo do Cristão. Esta “nova mentalidade” provocará nos seres humanos o "despertar" de consciência. A Era de Aquários, a dita “Nova Era”, irá produzir basicamente comunhão com o Criador.

Por oportuno e já tentando se acostumar, lembro que o cantor Lulu Santos na música “Tempos modernos” disse: “Eu vejo um novo começo de era. De gente fina, elegante e sincera. Com habilidade pra dizer mais sim do que não.

Para o Espiritismo, o planeta Terra continuará a existir e por causa da sua transição de planeta de Expiação (atualmente) para planeta de Regeneração, todos aqueles que não abrirem “suas mentes” para a prática da Caridade serão “convidados” a não mais reencarnar aqui, corroborando assim a lógica contida no Velho Testamento – Salmos 37:29: “Os justos herdarão a Terra e nela habitarão para sempre”.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 22/12/2012.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




E o mundo não se acabou, mas chegou a Nova Era - 22/12/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2012.12.22

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

E o mundo não se acabou, mas chegou a Nova Era - 22/12/2012 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem