Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019 - Boa tarde! - 14:36


O fruto do serviço é a paz - 12/10/2013 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Imensa tranquilidade é gerada para uma mãe ou para um pai de família quando reina a felicidade de poder sustentar seus filhos com o suor do seu esforço, pois a condição de ter um trabalho, por mais simples que seja, gera a correlata satisfação de poder atender as necessidades da sua família da melhor forma possível, e acima de tudo com dignidade.

Serviço lembra trabalho, o qual é uma forma de se designar uma aplicação das forças e faculdades humanas para alcançar um determinado fim, ou ainda ser o resultado de uma atividade coordenada, de caráter físico ou intelectual, necessária à realização de qualquer tarefa, serviço, empreendimento ou ainda um mero ato de Caridade.

Portanto, o trabalho ou simplesmente ter um serviço produz paz, pois quando há trabalho, consequentemente há menos violência, isso sem querer entrar nas esferas dos aspectos geoeconômicos ou antropológicos.

O mesmo acontece quando se fala em introspecção, como, por exemplo, o aspecto religioso, o qual também tem seu lado laborioso, seja para a condição de mero praticante de determinada religião ou conceito filosófico, ou ainda para a simples condição de se exercitar a fé, pois “dá trabalho” ser coerente diante de tantos interesses, enquanto que alguns optam ou preferem "facilitar" de forma perniciosa os mecanismos, visando a permanência do poder ou algo vinculado ao ego, ou ainda à vaidade.

Importante salientar que muitos querem um “emprego”, o qual é diferente de “trabalho”, pois este último passa a ideia de esforço, enquanto que o primeiro, isto é, o emprego passa a ideia de simplesmente se cumprir uma cota ou etapa, entretanto o objetivo não é entrar na etimologia das palavras referenciadas às atividades humanas, até porque ter um emprego também é motivo de satisfação, todavia o objetivo é mostrar que o trabalho, seja ele qual for, tem seu caráter de crescimento, sendo crucial para a manutenção da paz, inclusive a paz interior, a qual consegue combater de forma decisiva e eficaz as crises existenciais.

Esse entendimento precisa ficar claro de forma a produzir o discernimento essencial para a harmonização do ambiente, seja o familiar, o social, o religioso ou ainda o do trabalho, pois toda vez que surge algum tipo de descontentamento de qualquer natureza é sinal de que alguém não está fazendo a sua parte, ou seja, alguém deixou de fazer algo que foi prometido ou que é esperado.

O que se espera de alguém que se diz religioso?

Prática da Caridade, pois “SEM CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO”, exatamente como preconiza o Espiritismo, sendo essa máxima um dos alicerces da Doutrina Espírita.

É o constante exercício de qualquer tipo de serviço ou trabalho que produz o equilíbrio em quaisquer situações.

A divisão das tarefas torna-se essencial para as atividades humanas, e assim não dando margem para a existência de outras coisas funestas, como, por exemplo, a fofoca, a preguiça, a irresponsabilidade, a hipocrisia e tantos outros aspectos não edificantes.

O trabalho é remédio para muitos males do corpo e da alma – mais para os males da alma.

Todo Espírita sabe que em um Centro Espírita onde existe desentendimento é sinal que está faltando trabalho, pois quem verdadeiramente trabalha na Doutrina Espírita não tem tempo para dedicar-se ao conflito com quem quer que seja.

O mesmo vale para as outras religiões, pois os religiosos que discutem excessivamente entre si não estão defendendo os interesses da Doutrina que difundem e acreditam, mas sim defendendo os seus próprios pontos de vista.

"O fruto do silêncio é a oração, o fruto da oração é a fé, o fruto da fé é o amor, o fruto do amor é o serviço, o fruto do serviço é a paz." - Madre Tereza de Calcutá.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 12/10/2013.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




O fruto do serviço é a paz - 12/10/2013 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2013.10.12

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

O fruto do serviço é a paz - 12/10/2013 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem