Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019 - Boa tarde! - 14:02


O certo e o errado - 01/02/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



A impressão que se tem diante de tantas atrocidades que são presenciadas hoje em dia é a de que nos tempos passados as pessoas sabiam o que era certo e o que era errado.

Se havia mais comedimento, censura em demasia, repressão ostensiva, regras inflexíveis, normas radicais ou imposições, o fato é que tudo parecia estar dentro de normas seguras, as quais comprovadamente eram detentoras do Bem.

Portanto, bastava consultar uma espécie de manual de convenções sociais com os nossos pais, parentes ou pessoas mais velhas e experientes, que tudo estava lá, inclusive essas pessoas mais vivenciadas nos passavam as mensagens apenas com o olhar, pois era o suficiente, ressaltando que em casos extremos alguns tinham que compreender de outra forma, evidenciando assim que enquanto uns aprendiam com o amor (apenas com o olhar), outros apresentavam a necessidade de experimentar a dor.

Se certo, bastava que adotássemos tais valores ou ensinamentos.

Se errado, bastava que evitássemos fazer o que se dizia estar errado e, portanto, reprovado, ou até mesmo proibido.

Como postura filosófica é salutar mencionar que a relação entre o certo e o errado depende de muitos fatores, sendo o mais difundido aquele que aponta para o dinamismo das convenções sociais, pois algo que era errado, ou até mesmo proibido tempos atrás pode passar a ser certo ou como se diz: politicamente correto.

A noção de certo e errado de alguma maneira está intimamente ligada à própria Caridade, a qual é entendida como a ação ou resultado de fazer o bem a quem necessita, como doar alimentos a quem está com fome; também se entende como sentimento e atitude de apoio aos necessitados, como, por exemplo, fazer um trabalho de cunho social ou filantrópico; ou ainda também é entendida como a ajuda ou doação em favor de pessoas necessitadas, ressaltando que o ato de dar esmolas apesar de ser uma ajuda deve ser feito com bastante critério, caso contrário poderá sem querer se estimular o pedinte a continuar nessa condição, pois todos devem obter seu sustento, primordialmente com o resultado do seu esforço e o suor do seu rosto.

Priorizando o enfoque religioso os valores que se transmitiam no passado apresentavam mais Deus no coração das pessoas, ressaltando que para alguns o enfoque religioso era uma forma repressora que visava garantir mais a segurança e comodidade dos pais do que servir de código de conduta.

De certo modo hoje em dia ensinar a noção sobre o certo e o errado torna-se mais difícil porque as crianças são questionadoras e precisam cada vez mais dos exemplos daqueles que são seus protetores, visando assim ampliar a compreensão do que é ético, e como isso influencia a vida das pessoas com a conduta de cada um, ressaltando que apesar dos entraves, naqueles tempos havia mais Deus no coração das pessoas, e quando isso acontece torna-se mais fácil vivenciarmos o maior mandamento que está no Evangelho: amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo.

Resumindo: precisamos de mais Deus em nossos corações, e independente do tempo temos que difundir que o errado é errado, mesmo que tudo mundo esteja fazendo, como também que o certo é certo, mesmo que ninguém esteja fazendo.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 01/02/2014.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




O certo e o errado - 01/02/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2014.02.01

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

O certo e o errado - 01/02/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem