Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Segunda-feira, 20 de Maio de 2019 - Bom dia! - 3:56


Que a mão esquerda não saiba o que faz a direita - 24/05/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Qualquer pessoa que se propõe a praticar a Caridade deve ter em mente que o exercício precisa ser contínuo, como também que não se deve esperar receber nada em troca.

Ressaltando que qualquer um pode fazer Caridade, pois depende apenas de boa vontade.

Se não tem condições financeiras para fazer a Caridade material, por certo não faltarão condições de realizar a Caridade moral, a qual se baseia no apoio sincero, numa palavra amiga, num gesto de carinho, ou ainda num simples sorriso dirigido ao próximo.

Se mesmo assim não houver condições de praticar a Caridade, nem a material, e nem a moral, por certo nada será motivo para impedir de se fazer uma prece pelos necessitados.

Afinal de contas, uma prece, reza ou oração recheada de amor fraterno, e com o amparo das Entidades Espirituais de Luz certamente produzirá o alívio reparador, e assim irá gerar forças para que os necessitados sigam em frente em suas provações.

Quantas oportunidades de servir ao próximo o Criador diariamente põe no nosso caminho, e quantas vezes não se consegue vê-las por estarmos unicamente preocupados com o próprio bem-estar?

O que dizer do irmão que após sofrer a ingratidão em troca de benefícios prestados, tem medo de fazer novamente o bem, com medo de encontrar a ingratidão?

Irmãos! Pessoas que pensam ou agem assim podem estar contaminadas pelo egoísmo, pois fazer o bem esperando as provas de reconhecimento não é um ato caridoso, mas sim prova de que está havendo uma dedicação excessiva que uma pessoa tem por si própria, esquecendo-se assim de considerar as necessidades e o bem dos outros.

Vale a pena ressaltar que filosoficamente falando aquele que busca na Terra a recompensa e a alegria para o bem que faz ao próximo certamente não será contemplado nos mesmos níveis pelos Desígnios Divinos, pois é prova de que fez algo por algum interesse próprio, e que portanto, não foi de coração, logo, por lógica torna-se salutar enfatizar que o desapego e o desinteresse em detrimento do benefício do próximo é um bem extremamente agradável ao Criador.

Fazer o bem indistintamente a todos sem esperar ou perder tempo na espera de reconhecimento é sinal de evolução.

O tempo que se perde esperando o reconhecimento pelo bem que foi proporcionado aos outros é irrecuperável, e poderia ter sido usado para proporcionar paz e bem a mais pessoas.

Não há necessidade de se ficar falando aos quatro cantos do mundo o bem que se faz aos outros, pois o Criador tudo sabe e tudo vê, e de modo justo saberá recompensar a todos pelos atos edificantes que foram praticados em benefício do próximo.

Fazer o bem, sem olhar a quem, ou seja, amigo ou inimigo, rico ou pobre, enfim, todos necessitam uns dos outros para poderem superar suas provas, e assim evoluírem.

O nosso Amado Mestre Jesus nos ensinou que a sua mão esquerda não deva saber o que faz a direita, mostrando assim que a Caridade deve ser espontânea e desinteressada, se quiser que ela tenha real valor.

Finalizo garantindo que um forte indício de caráter é quando uma pessoa ajuda outra necessitada, mesmo sabendo que a pessoa que recebe a ajuda não pode dar nada em troca.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 24/05/2014.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




Que a mão esquerda não saiba o que faz a direita - 24/05/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2014.05.24

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Que a mão esquerda não saiba o que faz a direita - 24/05/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem