Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Terça-feira, 16 de Julho de 2019 - Bom dia! - 3:45


Qual o objetivo das provações? - 07/06/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



A pergunta que se constitui no título deste Artigo Espírita normalmente causa inquietação ou dúvida se o indivíduo não conseguir compreender de forma ampliada o porquê da própria existência.

A finalidade da existência humana pode ser abordada sem necessariamente vincular a mesma apenas pelo viés das religiões, pois, até mesmo para os ateus a existência humana tem sua finalidade, aliás, para aqueles ditos não religiosos, a existência humana é até mais fácil de ser compreendida, até por que as explicações quanto às problemáticas ligadas ao corpo, como as incapacidades, por exemplo, de não gerar um filho, ou ainda as doenças, as quais são analisadas meramente pelo aspecto fisiológico, como também aquelas ligadas às questões sociais como o poder financeiro ou o status social, ou ainda por não conviver no mesmo lar com o pai, com a mãe ou ainda com um filho amado que foi “tirado”, enfim, são vistas como o resultado das escolhas que foram feitas no passado.

Aspectos fisiológicos ou ainda os aspectos sociais não conseguem encerrar o assunto, por mais que contenham argumentos científicos.

Entretanto, quando esses mesmos problemas, essas mesmas aflições ou essas mesmas situações desagradáveis são vivenciadas por determinada pessoa que acredita em algo mais, certamente a coisa muda de figura, pois até para os mais céticos acreditar na mera casualidade é algo muito pobre para explicar e justificar o objetivo dessas condições infelizes que aqui serão classificadas como provações.

O dicionário descreve a provação como uma situação de sofrimento e infortúnio, ou ainda de prova, aperto, risco, perigo, entretanto a quem devemos provar alguma coisa?

Será a nós mesmos, e daí rumarmos para a chamada superação?

Muitas são as perguntas, e muitas serão as respostas se o tema for levado às diversas religiões.

Para algumas religiões as provações são oportunidades de se exercitar a Fé em Deus.

Para o Espiritismo as provações existem porque o planeta Terra é um orbe de provações e expiações, lembrando que o homem representa a figura mais próxima de Deus.

Deus é a mais perfeita criação que a raça humana conhece.

Segundo Allan Kardec, todos os seres são criados simples e ignorantes e o mérito de sua evolução é pessoal, de forma que cada Espírito traça seu próprio caminho.

As diversas existências que o homem vive servem para testar e exercitar o aprendizado que ele foi incumbido de adquirir, em favor do seu aperfeiçoamento moral e intelectual – e, sobretudo da sua felicidade espiritual.

Cada provação vivenciada por cada pessoa é de certa forma também uma oportunidade de resgate, e é nessa hora que associar o sofrimento à possibilidade de também se exercitar a Fé em Deus, o Criador, certamente irá contribuir de sobremaneira para a aceitação das provações de modo mais eficaz.

Afinal de contas antes de reencarnar (nascer novamente) as provações foram solicitadas pelo próprio Espírito com o intuito de resgatar débitos que o conduzam à Evolução Espiritual, sendo este, portanto, o objetivo das provações em nossas vidas.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 07/06/2014.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




Qual o objetivo das provações? - 07/06/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2014.06.07

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Qual o objetivo das provações? - 07/06/2014 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem