Paracleto.net     Internet
   


Menu


Artigos Espíritas

Áudios em MP3

Textos em PDF

Novidades

Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Quarta-feira, 22 de Maio de 2019 - Bom dia! - 10:07


Não revide aos insultos - 09/09/2016 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem



Insulto se entende como a palavra, atitude ou gesto que tem o poder de atingir a dignidade ou a honra de alguém, e pode ainda se referir no campo religioso à falta de respeito, desprezo, por outro ou por suas crenças.

Revidar por sua vez se entende como a atitude de responder em tom de vingança a uma ofensa ou agressão, seja física ou moral.

É claro que é muito difícil ser atingido por um insulto e conseguir resistir, entretanto a resistência é a “arma” dos fortes.

O interessante é que o insulto por lógica só se caracteriza se a ofensa for injusta.

Seria insulto chamar de ladrão aquele que pratica roubos?

Obviamente mesmo aqueles que adotam comportamentos equivocados merecem respeito da nossa parte, pois respeitar é uma atitude cristã, até por que não cabe a nós julgarmos os outros, pois há instituições e sistemas que servem para coibir atos contrários aos preconizados na lei dos homens.

Quanto à Lei Divina ela é clara: colhe-se o que é plantado, portanto, ser calmo e sereno fará com que os insultos se tornem vazios (sem sentido), e se a agressão for de modo desmedido recomenda-se utilizar os meios legais, e não o revide.

Socialmente falando um homem que ocupa posição superior não se sente ofendido por um insulto daquele que ocupa posição menos privilegiada. Seguindo a lógica, aqueles que são fortes (que conseguem perdoar) não devem revidar os insultos dos fracos (insensatos), pois os fracos veem somente na agressão uma forma de serem reconhecidos (vistos com louvor) ou ainda que seus erros e falhas sejam ocultados.

Revidar é uma atitude dos fracos, pois não revidar (perdoar) é uma atitude dos fortes, ressaltando que os fracos não perdoam jamais.

Na época de Moisés (Lei Mosaica presente no Velho Testamento da Bíblia Sagrada) havia a recomendação de que tudo seria dente por dente, olho por olho.

Ou seja, era recomendado que todo aquele que sofresse qualquer tipo de agressão tivesse o “direito” de revidar na mesma moeda.

Se alguém agrediu seria agredido, e do mesmo modo.

Pois é, acredita que há seres humanos que ainda vivem naquela época?

Os tempos são outros. Tempos do nosso Amado Mestre Jesus, o Cristo.

Segue trecho da Obra Espírita “O Evangelho Segundo o Espiritismo” de autoria de Allan Kardec, o Codificador do Espiritismo, acerca do tema: Capítulo XII – Amai os vossos inimigos – Se alguém vos bater na face direita, apresentai-lhe também a outra – Item 7:

Aprendestes que foi dito: olho por olho e dente por dente. – Eu, porém, vos digo que não resistais ao mal que vos queiram fazer; que se alguém vos bater na face direita, lhe apresenteis também a outra; – e que se alguém quiser pleitear contra vós, para vos tomar a túnica, também lhe entregueis o manto; – e que se alguém vos obrigar a caminhar mil passos com ele, caminheis mais dois mil. – Dai àquele que vos pedir e não repilais aquele que vos queira tomar emprestado. (S. MATEUS, 5:38 a 42).

Ainda na Bíblia Sagrada é notório que a nossa resposta aos insultos deva ser cautelosa e controlada:

A ira do insensato logo se revela; mas o prudente encobre a afronta.” – Provérbios 12:16.

Repito: perdoar é atitude dos fortes, pois os fracos não perdoam jamais.

Edu Medeiros - Um Amigo do Bem, 06/08/2016.




Compartilhe esta página com seus amigos nas Redes Sociais

Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo
Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo




Não revide aos insultos - 09/09/2016 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem





Endereço desta página na Internet:

https://www.paracleto.net/artigos/2016.09.09

(Clique aqui para adicionar esta página aos seus favoritos = Control (Ctrl) mais a tecla D)


Nome e versão do Navegador Internet: Desconhecido (other) 0


"A maior caridade que se pode fazer ao Espiritismo é a sua divulgação!" - Emmanuel

"Divulgar o Espiritismo por todos os meios e modos dignos ao alcance, é tarefa prioritária!" - Bezerra de Menezes

"Divulgar, em cada programa de rádio e televisão, ou programas outros de expansão doutrinária, conceitos e páginas das obras do Espiritismo. A base é indispensável para qualquer edificação!" - André Luiz


USE - União das Sociedades Espíritas


Página Inicial Voltar Rodapé da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

FEB - Federação Espírita Brasileira



Obras básicas (Pentateuco do Espiritismo)


O Livro dos Espíritos - Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da humanidade – segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec. O Livro dos Médiuns - Contendo os ensinamentos dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o Mundo Invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os escolhos que se podem encontrar na prática do Espiritismo. Em continuação de "O Livro dos Espíritos" por Allan Kardec. O Evangelho segundo o Espiritismo - Com a explicação das máximas morais do Cristo em concordância com o Espiritismo e suas aplicações às diversas circunstâncias da vida por Allan Kardec. Fé inabalável só é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade. Fé raciocinada é o caminho para se entender e vivenciar o Cristo. O Céu e o Inferno - Exame comparado das doutrinas sobre a passagem da vida corporal à vida espiritual, sobre as penalidades e recompensas futuras, sobre os anjos e demônios, sobre as penas, etc., seguido de numerosos exemplos acerca da situação real da alma durante e depois da morte por Allan Kardec. "Por mim mesmo juro - disse o Senhor Deus - que não quero a morte do ímpio, senão que ele se converta, que deixe o mau caminho e que viva". (EZEQUIEL, 33:11). A Gênese - Os milagres e a predições segundo o Espiritismo por Allan Kardec. Na Doutrina Espírita há resultado do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência é chamada a constituir a Gênese de acordo com as leis da Natureza. Deus prova a sua grandeza e seu poder pela imutabilidade das suas leis e não pela ab-rogação delas. Para Deus, o passado e o futuro são o presente.


www.paracleto.net
Copyright © 2009-2019
[Paracleto - O Consolador prometido por Jesus Cristo]



Sites parceiros

FEB - Federação Espírita Brasileira



Edu Medeiros - Um Amigo do Bem - Copyright © 2000-2019
Edu Medeiros - Um Amigo do Bem
Palestrante Motivacional e Expositor Espírita
Copyright © 2000-2019


(Acompanhe também no Facebook)









Página Inicial Voltar Topo da página Avançar Atualizar Facebook do Paracleto Twitter do Paracleto YouTube Contato Imprimir Áudios dos Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato MP3 Artigos publicados no Jornal JC Regional de Pirassununga/SP em formato PDF

Não revide aos insultos - 09/09/2016 - Edu Medeiros - Um Amigo do Bem